setembro 17, 2015

151. 10 vezes operada? Mas, mas... (explicação)

-- imagem --

O último post de Factos Sobre Mim gerou alguma curiosidade sobre o ponto já fui operada mais de 10 vezes (a maioria delas com menos de 4 meses de idade). Ui, tantas! Pois, é verdade! Quem me acompanha, pelos menos, desde Maio/Junho, esteve atento e tem boa memória deve lembrar-se eu ter falado disto. Então, eu nasci com um problema no coração. A minha aorta não tem força suficiente para bombear o sangue. Este problema foi detectado ainda dentro da barriga da minha mãe, mas o estupor do médico não disse nada. Não sei até que ponto teria mudado alguma coisa, mas pronto. Também nunca saberei! Enfim... Assim que nasci fui encaminhada para o Hospital de Santa Marta e lá fui operada com poucas horas de vidas. Começou então a guerra. Os meus primeiros quatro meses de vida foram passados no hospital. Durante esse tempo tiveram que me operar tantas vezes que nem eu sei. Ou porque o pacemaker... Ah, eu não disse, mas para resolver o meu problema, tenho que usar pacemaker (quem não sabe o que é, vá pesquisar)! Então, fui operada porque o pacemaker não era o adequado, ou porque criava infecções, ou porque o que tinha era provisório e entretanto chegou o definitivo, e depois fiz infecção... Enfim. Uma pessoa complicada desde... Sempre! Isto foi o começo. Antigamente os pacemakers tinham uma duração média de 5/6 anos, então aos 5 anos foi mais uma, aos 11/12 outra (este, felizmente durou 10 anos), aos 23 outra... Que, coisa linda, ficou mal colocado e, por isso, nesse anos pus um Janeiro e outro em Junho! E, em Maio deste ano, quando fui a uma consulta de rotina, o médico descobriu que uma das sondas que ligava o pacemaker ao coração não estava a funcionar bem. Só uma estava a funcionar. Lá fui internada de urgência e pumba, mais uma... Que não dei para fazer pois, a meio da diversão perceberam que afinal tinham de trocar tudo porque a sonda tinha rebentado e tinha de ser tirada para não infectar e rebentar a veia. Isso deu-me quase um mês de internamento e mais uma operação. Desta vez definitiva. I hope so! bom, terei de mudar o pacemaker actual, mas espero que seja só lá para 2025! E é isto...

Posts sobre o meu último internamento: aqui | aqui | aqui | aqui | aqui | aqui.

8 comentários:

  1. Bolas, desejo o melhor possivel para ti :)

    ResponderEliminar
  2. Isso é que é um coração valente! Com tanta operação calculo que a tua relação com médicos e hospitais não te faça confusão nenhuma... já eu, tenho um pouco de aversão/medo/receio a tudo isso. Detesto mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou da casa, praticamente! Ahaha!
      Mas nunca fui internada para além destas vezes! xD

      Eliminar
  3. Bem! Isso é que foram uns primeiros meses de vida atribulados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! A fazer-me notar desde sempre! ahahah

      Eliminar
  4. As vezes a vida prega-nos dessas partidas más , força.

    ResponderEliminar

*respondo aos vossos comentários aqui*